Puppy Linux 5.7 roda em máquinas com pouca memória RAM 

puppylogo

Software Open Source não deve ser excludente, isto é, um de seus princípios básicos diz: Não deve haver discriminação contra qualquer pessoa ou grupo. Esta ideologia deveria ser suportada por todas as versões do Linux, mas o fato é que para avançarem, elas precisam deixar o suporte a hardware antigo de lado. Mas e se você tem uma máquina antiga e ainda utiliza a conexão discada com a internet (dial-up)?

 

O desenvolvedor Bary Kauler está atento a este fato. Ele lançou uma nova versão de seu Linux, a Puppy Linux 5.7 Precise, em duas versões distintas. A versão “Retrô” roda em máquinas com menos de 256 MB de RAM. Já a versão “Moderna” funciona em PCs compatíveis com a plataforma i686, com 256 MB ou mais de memória RAM.

O suporte a modem da versão retrô inclui winmodems (aqueles que supostamente tem drivers proprietários apenas para Windows). Por ter muitos drivers extras, o tamanho da imagem do sistema é maior. São 200 MB no total. A imagem ISO da versão moderna tem apenas 155 MB e ambas são baseadas no Ubuntu 12.04 (compatível com os pacotes de instalação desta versão do Ubuntu). O instalador do Puppy tem uma opção de instalação em pen drive, e reserva espaço para aplicativos e arquivos pessoais.

Vale mencionar que o ambiente gráfico do Precise 5.7 é o JWM (Joe’s Window Manager), um software levíssimo escrito em C puro, baseado no gerenciador de janelas X Windows System. Só por curiosidade, o código fonte do JWM tem apenas 848 KB.

Para baixar este Linux minimalista, vá até o repositório oficial.

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/blogs/zonalivre/distribuicoes/puppy-linux-5-7-roda-em-maquinas-com-pouca-memoria-ram/

CLIQUE NAS IMAGENS ABAIXO PARA NOS ENCONTRAR NAS REDES SOCIAIS E BLOGS.

***visitem nosso fórum***
Anúncios